10/10/2017
Educação no trânsito é discutida na Comarca de Malta em parceria com a PRF


O juiz substituto da Comarca de Malta, Natan Figueredo Oliveira, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), realizou palestra com o tema ‘Trânsito e Cidadania’ para as pessoas que respondem a processos por crimes de trânsito de menor potencial ofensivo. O evento foi realizado na última quinta-feira (05 de outubro), antes das audiências preliminares, e buscou conscientizar os autores dos fatos acerca das normas de trânsito a fim de evitar a reincidência dos casos.
 
“Desde que cheguei à Comarca, observei que havia um número elevado de procedimentos relativos a delitos de trânsito, pelo fato da cidade ser cortada por uma rodovia federal. Notei, também, que havia várias reincidências dessa natureza. Por isso, tomei a iniciativa para a realização da palestra, buscando a parceria com a PRF, que é responsável pelo viés educativo no trânsito”, afirmou o magistrado.
 
Foram convidados, para participar da palestra, os acusados ou autores dos fatos relativos aos processos por crimes de trânsito de menor potencial ofensivo. Com essa atividade, eles foram beneficiados com a transação penal ou suspensão condicional do processo.
 
A palestra foi proferida, no Fórum da cidade, pelo agente Gomes e pelo inspetor Tenório, ambos da Polícia Rodoviária Federal. Na ocasião, os palestrantes orientaram, tiraram dúvidas e fizeram esclarecimentos sobre o tema. Em seguida, foram realizadas 33 audiências, presididas pelo juiz Natan Figueredo, com a participação do Ministério Público e da Defensoria Pública.
 
Para o juiz da Comarca de Malta, a iniciativa foi um sucesso. “Todos se mostraram muito interessados, foram participativos, fizeram perguntas, receberam muito bem a ideia”, ressaltou.
 
O magistrado destacou, ainda, que o trabalho educativo foi primordial, pois foi possível verificar, ao final do evento, uma postura de consciência dos que assistiram à palestra quanto à necessidade de respeito às normas de trânsito. “Muitos deles sequer eram habilitados e saíram da apresentação com a preocupação de regularizar a situação”, disse.
 
Devido ao sucesso do evento, o juiz Natan Figueredo já confirmou que dará continuidade ao processo educativo na Comarca, realizando esse tipo de trabalho, inclusive, direcionado para o público adolescente, que responde por muitos atos infracionais equiparados a crimes de trânsito na cidade.
 
 
TJPB

Mais Notícias



Plano UNIMED
Formulários de adesão e exclusão.

Receba as novidades da AMPB



Atualize seu cadastro


AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58030-520.

Fone/Fax: (83) 3513-2001

Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253




AMPB - Associação dos Magistrados da Paraíba -

Av. João Machado, Nº 553, Centro, Empresarial Plaza Center, 3º andar, Sala 307, João Pessoa - PB, CEP: 58013-520.
Fone/Fax: (83) 3513-2001
Jornalista Responsável: Jaqueline Medeiros - DRT-PB 1253